Etiqueta hétero pra balada gay

Se você mora em SP e curte balada, cedo ou tarde vai parar num clube gay, simplesmente porque é lá que rolam as melhores noites da cidade. Mas como fazer na 1a vez?

Primeiro de tudo, relaxe. Não é porque você está ali que todo mundo quer te comer. Se você for bonito alguns até vão querer. Mas essas histórias de passar mão na bunda, etc, são lendas urbanas. Se você for feio, bom, nem precisa se preocupar.

Existem lugares onde os gays são mais caricatos e outros onde eles são como você, seu irmão, seu amigo, gente normal. Não se ofenda se alguém flertar com você. Isso não significa que você é afeminado (bom… acho…) apenas interessante. Basta mostrar que você não está a fim, da mesma forma que faria se fosse uma mulher feia.

Ponto importante: banheiro de lugar gay geralmente é unisex. Tem travesti, sapatão, gay anão, parece um filme do Star Wars. Sem desespero. Espere para usar a cabine normalmente. Se for usar o mictório não fique olhando pros lados, pode ser entendido de outra forma e você acabar vendo mais informação do que gostaria.

Certos comportamentos que chocam os outros são super aceitos em clubes gays. Tem gente sem camiseta, pegação na pista e drogas também. Se você ver alguém dividindo uma pílula, já sabe, cara de ‘nada’. E como você não tem doze anos, nem preciso dizer para não aceitar nada de ninguém, nunca.

Por fim, segure a onda. Neguinho (e isso vale para as meninas) chega na balada e vê tanta liberdade e perde a linha, como se tivesse numa micareta em Berlim. Depois, acaba fazendo merda e põe a culpa na bebida. Lembre daquele famoso ditado que diz que “… de bêbado não tem dono”.

Anúncios

4 Respostas to “Etiqueta hétero pra balada gay”

  1. Diego Rebouças Says:

    Maravilha.

    🙂

  2. bruno Says:

    Etiqueta é um termo gay, bem bicha, do tipo que não é (nem nunca foi) uma Lala Rudge, uma Lu Tranchesi, mas que sonha muito! A ponto de a-cre-di-tar…

    … juro q li, reli, mas não entendi se vc tá me gongando ou gostou. acho q gongando, né? e por deus, quem é lala rudge??

  3. sidney de Medeiros dantas Says:

    Gera, seus textos estão, cada dia, mais criativos e suas ilustras ótimas.

    Adoro.

    qdo vc vem p SP? bjo

  4. César Vinicius Santos Says:

    a bebida é sempre a culpada. rsrs

    olha, culpada culpada pode até ñ ser, mas q facilita bastante, isso facilita rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: