Balada no inverno

[Seguindo a linha do post anterior, borá falar sobre balada… Só que no inverno].

Sim, chegou o finde. E sim, está um frio da porra. Mas a gente sabe que mesmo se estivesse caindo o céu (alô Bispa Sônia), ainda assim você ia se jogar na balada. Logo, vamos abordar os itens que merecem sua atenção na estação.

‘O que vestir’ encabeça a lista, por motivos óbvios. Afinal, no inverno você tem que pensar no que usar e no que usar por cima do que usar. Nessa hora queria ser um ser evoluído que veste o que tiver e OK. Mas não trabalhamos com isso.

Outro item é a logística do local. Tem valet? A fila é na rua? Tem espaço aberto? Tem chapelaria? Aliás, bom lembrar, chapelaria em SP não é garantia de conforto. A fila é gigante, eles lotam rápido e na saída as vezes é melhor voltar no outro dia pra buscar.

Outro item é a birita. Adoro cerveja, mas pedir uma nesse frio dá efeito frozen brain. O problema é que a gente enche a cara de vódega importada e scotch sem gelo e quando vai pagar comanda é obrigado a deixar um olho e duas falanges.

Por fim, o aquecedor. Não bobinho, não é o aparelho, é o corpo que você vai levar pra casa. Afinal, a gente não se perfuma e sai no frio só pelos amigos. Pra isso tem o Facebook. E como geral está com muita roupa, dobre a atenção pra não levar gato por lebre. Daí  é sorrir bastante e fazer um brinde ao José, no caso, o Cuervo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: