Archive for the ‘seduzindo o espelho’ Category

O estranho mundo do vestiário masculino

fevereiro 4, 2015

gym3

Vestiário de academia é um lance tenso. Magro, gordo, jovem, velho, ninguém fica confortável pelado num lugar lotado de espelho, luz branca e musiquinha de elevador. Não obstante, você ainda precisa lidar com aqueles personagens que deixam tudo ainda mais bizarro. Põe na tela:

O tiozão naturista. Aquela categoria de senhor que não tá nem aí e desfila bem a vontade pelo lugar brindando a todos com sua natureza senil-exuberante. Desconfio que o nosso plug-in do foda-se começa a rodar de verdade depois dos sessenta.

O manja rola. Aquele cara que passa mais tempo se secando dentro do vestiário que treinando na academia e fica de rabo (oi?) de olho manjando o pinto alheio. Reza a lenda que o cara nem gay é só tem essa… digamos assim, curiosidade.

O boleiro. Aquele tipo amigão que se troca enchendo o saco comentando sobre o campeonato paulista, brasileiro, europeu, libertadores, conmebol, ignorando o fato de que seu interesse é proporcional ao seu conhecimento de bola futebol, ou seja, nenhum.

O seguro de si. Aquele parça (sic) que se ama. Tem corpão, tattoozona, bundão, pintão. Ele é o máximo e sabe que todo mundo ali dentro (e lá fora, e no universo) quer ser ele, por isso anda peladão mesmo e fala com os brothers bem de pertinho, porque ele é macho e se garante.

O métro. Ele é metrossexual sim e desde que o assunto foi capa da GQ ele tem orgulho disso sim. Por isso, enfileira os produtos na pia sim e passa hidratante na perna de forma languida se olhando no espelho sim. Nas internas é chamado de Joãozinho do Secador.

Bearded

junho 25, 2014

barba Inverno em São Paulo é tempo de ousadia. Época deles falarem palavras como fondue e delas mostrarem seu senso de moda adquirido de blogueiras de moda + outlets estrangeiros. Inverno também é a época de suavizar a formalidade a favor do conforto deixando a barba crescer. Mas fique atento, a maioria por aí anda mirando no looking do viking sexy e acertando no mendigo craqueiro:

1a semana – Barba crescendo. Diria que é a melhor fase. Ignorar a gilete é a queima do sutiã do universo masculino. Exagerei? Tá, ok, mas que é libertador, isso é. E a gente ainda ganha 15 minutos para gastar com coisas mais importantes na vida. Tipo checar o Instagram ou jogar Perguntados.

2a semana – Barba tomando forma. É uma fase limbo, onda os pelos não f**** nem saem de cima. Nessa fase ‘cara de mendigo’ vale se vestir melhor para evitar a vendedora esnobe te medindo. Pois é! Estamos em 2014 e as pessoas julgam pela aparência sim, acostume-se.

3a semana – Barba preenchendo o rosto. Esta fase confirma que o lance é sério, você tá deixando crescer mesmo. A partir daqui você realiza que nem tudo são flores e que barba exige certos cuidados, tipo aparar e gastar com produtos. Sei que é difícil, mas evite a cara de bad boy em selfie.

4o semana – Barba grande. Você chegou lá. Pode solicitar seu freepass para o panteão dos lenhadores de boutique. Prepare-se para a condescendência dos hipster, o respeito dos brutos, a cobiça dos gays…

Agora, se a sua ideia foi pegar mulher, aí colega, errou rude. Simplesmente porque elas (pelo menos as que eu conheço) detestam barba e ouso dizer, têm até um nojinho. A não ser a do Beckhan (o David) ou do Brad (o Pitt). Não sendo você nenhum desses dois, vale usar por um tempinho pra pagar de hipster mas logo voltar pro seu visual antigo que você come mais mulher ganha mais.

Como ser celeb na web

janeiro 22, 2014

celeb

Depois de passar meu reveillon aturando ouvindo os amigos #instastuds nas areias de Ipanema, que, entre uma bebida diet, light ou sem lactose, me agraciavam com seus conhecimentos sobre a vida (cof cof) decidi criar um guia de como você, cidadão comum, também pode se tornar uma celeb na web. Pega seu iphone, prepara o duckface e vem comigo:

• A primeira regra pra você virar um sucesso na web é: imagem é tudo. A segunda regra pra você virar um sucesso na web é: imagem é tudo. Isso significa postar fotos do seu melhor (??) nem que pra isso você precise da ajuda de um app editor, que, como eu ouvi, aumenta mas não inventa.

• Segunda regra, tire fotos com pessoas bonitas. Seus amigos não são bonitos? Tudo bem. Nem você é bonito? Tudo ótimo. Apele pro instrutor da gym, pra mocinha da venda, o importante é tirar fotos felizes com quem é.

• Poste coisas que mostrem que você é inteligente. Mesmo que você não saiba quem foi Mandela. Na dúvida, pegue qualquer link do hypeness.com, compartilhe, diga que você curte demais aquilo e bingo.

• Fotos de viagem são hit e mostram que você é viajado e culto. Se em 2013 você não foi nem até o Guarujá, use o truque da foto de um lugar incrível (Tailândia teve muita saída) + mensagem filosófica.

• Regra pra vida: nu sempre dá ibope. Fotos mostrando “sem querer” o abdômen, ou na piscina, ou na praia, são sinônimos de likes, adds, comments e cutuques. Se você não tá em boa forma, evite e foque no rostinho. Se você não tiver nem um nem outro, aí colega, faça como eu e deixe o assunto para os iniciados.

• Por fim, compre um buldogue francês e poste muitas fotos fofas com seu novo amiguinho. Seus pontos na escala da celebridade online vão subir vertiginosamente. Depois que passar a moda e você já tiver atingido seus cobiçados 1K no Insta, você vê o que faz com o bichinho.

PS: Se quiser deixa comigo, eu ganho um cachorro e você fica livre pra sua próxima meta em busca da fama online.